Como viajar para o exterior – como planejar sua viagem

Finanças para garotas – Como controlar seus gastos
3 de maio de 2017
Exibir Tudo

Como viajar para o exterior – como planejar sua viagem

Como viajar para o exterior

Como tirar / fazer Passaporte

Apesar de ser considerado como um item obrigatório, pois ninguém sai do país e entra em outro sem o passaporte, muita gente no meio da correria se esquece de fazer esse documento.

É fato que se o destino do passeio for a América do Sul, não é preciso ter passaporte, porém para os destinos restantes é fundamental, por isso antes de marcar a viagem, dê uma passada na Polícia Federal e deixe ele pronto.

Quem tem o documento, mas sabe que ele está perto de vencer, a recomendação é consultar as regras do país de destino para o qual se pretende viajar!

Dependendo de destino, o passaporte deverá ter 6 meses de validade, mas há países que o documento deve estar válido durante o período do passeio. O melhor é não correr riscos e fazer a consulta antes de embarcar.

Independentemente se o destino final é os Estados Unidos ou será feita apenas conexão é fundamental ter visto americano, pois sem ele, você nem embarcará! Redobre atenção quanto as regras, pois elas variam de um destino para outro.

Alguns países exigem comprovante internacional de vacina contra febre amarela e algumas outras. Antes de visitar, atualize sua caderneta de vacinação e veja onde são emitidos os documentos que comprovem que as vacinas foram tomadas.

Planejamento de Viagem

Mesmo que a passagem para o seu destino seja “baratinha”, o resto não será e por esse motivo o melhor é definir o orçamento e como o dinheiro será gasto. Para isso, estime os gastos com: alimentação, hotel, transporte, passeios, compras e até deixe um dinheiro guardado para eventuais emergências. Afinal, nunca se sabe o que pode acontecer, não é verdade?

Conversor de moeda

Quem vai para o exterior deve ter atenção com o valor da moeda local, afinal, no primeiro momento tudo pode parecer muito mais barato, porém isso não é verdade no momento em que é feita a conversão para o real.

Por isso, é importante redobrar a atenção na hora das compras! Comumente, não levamos em consideração os centavos e isso acontece quando o pagamento é feito em outra moeda. Isso pode “afundar” o seu bolso ao fazer a conversão da moeda do país de destino para reais.

Lembre-se ainda que comprar com o cartão de crédito é muito fácil, porém, a fatura será paga em reais e a conversão terá como base o valor da moeda de destino que é convertida pelo câmbio no dia do fechamento da fatura.

Lugares mais descolados do momento

Quem quer ir para o Estados Unidos, pode conhecer Soma um bairro em São Francisco. Esse local é conhecido, porque estão concentradas diversas startups que se dedicam a desenvolver aplicados voltados a tecnologia ou internet.

Aqueles que almejam fugir dos locais mais sofisticados, porém não abrem mão de uma feirinha com arte de rua devem conhecer a The Old Biscuit Mill situada na Cidade do Cabo, na Africa do Sul. Além dessa feira, há também diversas galerias independentes.

Para conhecer jovens criativos em Londres, basta chegar no bairro Islington, porque eles estão infiltrados nos bares, baladas e nos cafés, porém eles ajudam a manter as características vintage e rústica do bairro. Quer conhecer algo hipster? Visite Islington, Londres.

Outro bairro descolado em Londres é Notting Hill, onde além de encontrar a feirinha Portobello Market (que fica na Portobello Road), juntinho ali também é possível ir numa das mais antigas lojas de disco de vinil, a Rough Trade (que fica na 130 Talbot Road, a rua cruza a Portobello Road).

Então, tá esperando o que para começar a planejar sua viagem para o exterior?